fbpx

Quanto preciso dar de entrada ao comprar um Imóvel

Apesar de ser o sonho da grande parte dos brasileiros e de termos hoje um mercado financeiro bastante favorável, muitos clientes se deparam com o empecilho da entrada na hora da compra e do financiamento habitacional. E surge a dúvida: “Quanto preciso dar de entrada ao comprar um Imóvel?”.

A entrada de um imóvel, é muitas vezes um desafio às famílias, pois exige uma organização financeira e até mesmo saber as alternativas possíveis para cada caso.

No geral, o mercado financeiro, trabalha com uma entrada para compra de um imóvel de no mínimo 20% do valor do bem. Porém, deve-se ainda avaliar a renda, já que a entrada também pode variar de acordo com a renda familiar.

Resumindo, se a pretensão é adquirir um imóvel que custa R$300 mil, é comum que a entrada seja de R$60 mil. Fique atento também, que a parte financiada não pode ultrapassar mensalmente 30% da renda familiar.

É importante que, caso sua vontade seja de financiar um imóvel, antes de sair a procura do imóvel dos sonhos, você realize uma simulação, para saber qual imóvel vai encaixar melhor na sua renda e quanto seria necessário de entrada.

Ainda existe a possibilidade de utilizar seu FGTS como entrada no financiamento. Porém fique atento às regras:

  • Ter trabalhado no mínimo três anos, sob regime do FGTS;
  • Não ter financiamento atualizado no Sistema Financeiro de Habitação (SFH);
  • Não ter nenhum imóvel em seu nome na cidade onde você reside ou trabalha;
  • Não ter usado os recursos do FGTS no mínimo de três anos.

Caso tenha ficado algum dúvida ou tenha interesse em realizar uma simulação sem compromisso, procure um dos nossos corretores.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.